voltar ao blog

O “NÃO” para os outros que significa o “SIM” para a vida que você tanto quer

2 de março de 2017 Artigos

Oi pessoal, tudo bem?!

O ano oficialmente começa hoje e, por isso eu quero conversar com você sobre um tema importante: produtividade.

Não quero falar sobre o conceito teórico de produtividade, mas sobre o que considero o grande desafio das pessoas que querem ser, de fato, produtivas: aprender a dizer “não” para a demanda dos outros e “sim” para as suas.

Eu sei que na teoria isso é fácil, mas que na prática nem tanto. Não é fácil, mas é possível. Só exige que você respeite o objetivo que quer alcançar, que se planeje, que seja impecável com a sua palavra e que saiba se comunicar com verdade e clareza.

Eu não sei se você já se deu conta da quantidade de tempo que nós desperdiçamos com as demandas alheias ou se já teve a sensação de que o seu dia precisaria ter mais de 24h para que pudesse dar conta de tantas demandas.

Os estudiosos da alta performance afirmam que as distrações coibem a produtividade. Se você já acorda respondendo a demandas de grupos do Whatsapp, dá aquela olhadinha básica no Facebook enquanto escova os dentes e durante o dia fica acompanhando o status e as fotos dos seus amigos, observe…você está deixando para os outros o controle da sua vida.

Observe o quanto essas pequenas distrações tomam muito do seu tempo, isso sem contar com aqueles “pequenos” favores sociais que costumamos fazer para os outros. Não estou dizendo que você deva ser egoísta e deixar de ajudar os outros, de forma alguma, mas se você quer realizar algum objetivo na sua vida, precisa fazer dele uma prioridade.

E prioridade é aquilo que você dá a máxima atenção, porque importa pra você. Quando você dá mais atenção para as metas dos outros, está contribuindo para que as suas próprias não sejam cumpridas. E isso pode ser um comportamento sabotador, no sentido de fazer com que a sua vida tenha tantas demandas que naturalmente não sobre tempo para você ou mesmo uma fuga, porque você morre de medo de ter sucesso ou ser feliz. Parece familiar?

Como fazer com que a sua vida seja mais produtiva, então?

  • Estabeleça a(s) sua(s) meta(s). O que você quer alcançar ou realizar? Até quando? Porque essa meta é importante pra você?
  • Planejar começa com uma intenção clara. Que ações você pode adotar para se aproximar da sua meta? Substitua os emoticons do celular por uma mensagem poderosa para você com alertas durante o dia, do tipo: Você é capaz…Você está a cada dia mais próximo (a) da sua meta…Qual é a sua intenção do dia?
  • Seja impecável com a sua palavra. Honre todos os seus compromissos, especialmente os que estabeleceu com você mesmo(a). Alimente-se melhor, seja pontual, cumpra prazos, faça o que for necessário para que a sua palavra seja congruente com as suas ações.
  • Defina horários para as redes sociais, TV e internet. Assim você prioriza as suas demandas e fica 100% presente para as atividades e para o lazer.
  • Comunique-se com verdade e clareza. Ninguém gosta de dizer não, especialmente para amigos e familiares, mas limites são necessários para toda e qualquer relação saudável. Quando alguém lhe pedir algo que você entenda que pode te desviar da sua meta, explique que infelizmente não poderá realizar naquele momento porque está envolvido(a) com uma meta pessoal que significa muito pra você e peça a colaboração dessa pessoa. Seja honesto(a), mas firme.
  • Não confunda estar ocupado com ser produtivo. Ser produtivo tem a ver com a capacidade de gerar clareza, foco e ação no sentido do cumprimento de algo anteriormente estabelecido.

Faça uma lista das suas distrações e observe por uma semana. O que planejou e conseguiu realizar? O que não realizou e por quê? Quais são os ladrões do seu tempo? Como seria a sua vida se você fosse mais produtivo(a)? Depois anote as ações que você pode adotar “já” para gerar mais foco para as suas metas.

O controle da sua vida sempre esteve e sempre estará nas suas mãos, lembre-se disso e diga SIM para você e para a vida que você tanto quer ter, você merece.


voltar